Image Hosted by ImageShack.us amor sexo & poesia

Thursday, May 25, 2006

delírios...

Delírios...

Todos os dias caio num delírio inexorável,
num estado de desejo, de necessidade,
de carência que me faz gritar o teu nome…
em silêncio...
Em silêncio amo-te, em silêncio admiro-te,
em silêncio beijo-te... em silêncio procuro-te

e encontro-te… algures...
onde o silêncio reina e a vista não chega...

Em silêncio te sonho e junto a ti quero encontrar-me...
chegamos onde nunca pensamos chegar...
agora que estou aqui não me deixes fugir...
cobre-me de carinhos, entrega-te e
ama-me terna e eternamente...

Percorro-te com a vista, estudando as tuas sombras,
formas e expressões até que novamente clamas por mim.
Aproximo-me...
Encosto os meus lábios ao teu pescoço e
passo a sentir-te a pele nua,
o teu odor derrotou-me e
ouço a tua respiração a acelerar...


Fecha a minha boca com os teus beijos, com as tuas carícias
não me deixes falar tanto assim...
Silencia meu corpo que chama por ti,

e com os teus beijos quentes...
faz calar em mim os desejos de ti...
Satisfaz-me languidamente,
deixa-me sentir-te intimamente
profundamente, intensamente.


A tua boca torna-se ansiosa,
já não há limites para meus lábios,
que percorrem teu corpo num crescente e
incontrolável frenesim de desejo sufocado!
Ensandecidos, perdemos o frágil controle que nos resta,
as poucas peças de roupa que ainda nos cobrem são arrancadas em desespero,

nossas bocas se encontram num beijo alucinado,
para em seguida deslizar por nossos corpos,
beijando, acariciando, mordendo levemente,
aspirando com prazer o odor erotizante que emana da nossa pele,
deixando-nos completamente insandecidos...


Deixas-me viajar no teu corpo
dando asas a minha imaginação fértil
sendo feliz a cada instante...
Apagas este vulcão aceso
esta labareda em chamas...
Vem, aperta-me, abraça-me
deixa-me sentir-te dentro de mim fogosamente...
Embarca comigo nesta viagem de prazer,
deixa-me apenas satisfazer os teus anseios,
sentindo os meus devaneios realizados...


A sombra de nossos corpos dança lascivamente na parede,
em transe com a consumação da posse e da entrega!...
Então, o Sol explode em milhões de fragmentos multicores,
um longo beijo sufoca o som arquejante que tenta escapar de nossos lábios, sentimos nossos corpos flutuarem no espaço infinito,
e a paz afinal nos invade... Exaustos, continuamos aninhados,

as carícias agora são ternas e suaves,
com leve sabor de mútua gratidão...
Finalmente, os olhares se encontram,
e pela primeira vez, visualizamos nossa alma,
nua, reflectida no lago plácido em que se
transformaram nossos olhos...


NightPrince & •*'♥ MoonLight ♥'*•

Wednesday, May 17, 2006

sempre soube...


sempre soube...
sempre soube que um dia seria
“acorrentada” por um sentimento maior...

foi um encontro de almas
no universo do amor...

descobrimo-nos quando não pensávamos em nada
e timidamente fomo-nos reconhecendo...

fui-me encantando
com tudo que vinha de ti...
e senti que nossos corações
batiam em total sintonia...

apaixonamo-nos...

mas a distancia é cruel e não perdoa
a falta que sempre sentimos um do outro...
e o tempo foi passando...

hoje me rendo à saudade...
e derramo nas letras o meu amor por ti...
sou o reflexo da solidão
no meio da multidão...

as minhas lágrimas traduzem-se em versos
que só falam da nossa paixão...
de correntes de elos indestrutíveis
gerados pela força do amor...
hoje a saudade explode no meu coração...
preciso de ti!

Friday, May 12, 2006

a nossa primeira noite...


Quando nos meus lábios com os teus tocaste,
com ternura e uma crescente volúpia,
uma viagem sem volta e sem rumo iniciamos...

E enquanto os botões da minha blusa abrias
e meus seios descobrias,
mais e mais nos perdíamos...

Com as tuas mãos os acariciaste,
e sem pudor os sugastes...
Excitada, humedecida,
preparava-me para te receber...

Nos teus braços me tomaste
e para o nosso leito me levaste.
Penetraste-me! E os meus gemidos
com os teus beijos abafaste...

Thursday, April 27, 2006

se...





se...

se amor é sentir na boca a falta do teu beijo...
se paixão é sentir o corpo arder
e o teu junto ao meu querer,
se pecar é sentir na pele a força do desejo...

eu amo de paixão o prazer do teu beijo...
peco pelo desejo de querer sentir
o teu corpo no meu ardendo ...

Saturday, April 15, 2006

Amo-te !!


Amo-te!!

Amo-te, não somente pelo que és,
mas pelo que eu sou quando contigo estou...

Amo-te, porque puseste a mão pela minha alma
e passaste por debaixo das minhas fraquezas...

Amo-te, porque com o teu amor
despertaste esta luz que ninguém antes tinha conseguido...

Procurei no horizonte uma nova forma de ser feliz...
Não encontrei...
Procurei na noite uma suave maneira de sonhar
Não adormeci...
Procurei, então,onde a razão não pode alcançar...
E deste sonho despertando, fui dentro de mim,
profundamente e quase sem querer,
descobri-te por entres letras mágicas e risos escondidos...

Jamais pensei que houvesse alguém assim
tão amável e verdadeiro como tu...
e que conseguisse despertar tal sentimento...

Ontem, apenas gostava de estar ao teu lado...
Hoje percebo o quanto preciso de ti
Fecho os olhos para imaginar o teu tão doce rosto...
E então, cheia de saudades,
Consigo apenas escrever uma frase...

Amo-te!!

Tuesday, April 11, 2006

Procurei-te...


Deitei-me, só, e na cama fria procurei o teu calor,Um corpo quente de desejo que eu adoro desejar,Sozinho me encontrei com um coração cheio de Amor,Fiquei sem saber o que fazer e para onde me virar.
Desistindo de te procurar e pensando que me esqueceste,Fechei os olhos e então senti a tua presença do meu lado,Quando os abri não estavas lá, fugiste, desapareceste,Será este o meu destino, a minha eterna dor, o meu fado?
Adormeci e contigo sonhei, o teu abraço que me dá segurança,A tua cabeça no meu peito ouvindo o meu coração bater,Algo que me faz sentir seguro e que me faz ter esperança,Um Amor tão puro que apenas contigo conseguirei ter!
Acordei de madrugada, sobressaltado, e sem ti me encontrei,A cama ainda quente do teu lado me fazia pensar algo estranho,Que nesta noite ali estivera aquela que eu sempre desejei,Uma magia que raras vezes acontece e de um encanto tamanho.
Um dia nos cruzaremos de novo e nesse olhar estarei seguro,Que tu és a mulher da minha vida, aquela que tanto me faz sonhar,Aquela que tornará os sonhos uma realidade, tudo muito mais puro,Aquela que me saberá dar o devido valor e saberá o que é AMAR!!!

Thursday, April 06, 2006

Que saudades...


Que saudades...

Estou aqui... no meu quarto...sozinha...
Preciso do teu abraço, quero o teu carinho...
Um afago e ouvir-te dizer : És minha!

Aqui sentada, penso e vou imaginando
Os nossos momentos de amor e paixão
Sinto muito a tua falta...continuo te amando

A tua imagem não sai do meu pensamento...
Na minha cama... deitada... olho a tua foto
Como te queria aqui comigo neste momento...

Quero amar-te e beijar-te a todo o instante...
Quero o teu colo, o teu carinho, o teu amor...
Ser a tua deusa, musa e amante...

Sentir a tua boca, a tua pele, o teu calor...
Sem ti, sem o teu riso, nada faz sentido
Vem até mim... dou-te o meu (nosso) amor!